“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

03/10/2007

Por amar…um Amor



Um dia encontrei um amor…
Lindo, sereno, trouxe de novo o Sol, expulsou a dor
Vivi com ele, emoções, ilusões, sentidos invertidos
Esse amor…julguei-o eterno, a alma gémea!...os sonhos perdidos

Entre poemas, noites, dias e horas de vício
Tocamos, unimos as almas carentes de amor, em luares de suplício
Procurei então no amor um viver descuidado
E por ele…eu perdi o discernimento, a alma! …meu triste fado

Muitas vezes, tacteio em busca da ferida
…no meu coração despedaçado…sinto-me perdida
Assim como um mar, num rítmico soluçar
Me perco em ilusões, para os destroços, silenciar

Como corpos dormentes, inertes entre esforços
Vagueio, por entre vales de sangue e humanos destroços
Minha alma está desgastada! Mergulhada numa profunda agonia
Entre tantas outras, perde-se na noite…cada vez mais fria!

É assim o doce-amargo do meu sentir…felicidade plena de outrora,
Lembranças que ficam, num tempo que se evapora
Ficará no lugar do amor perdido…
A saudade de um tempo louco, de um sonho…sobre nuvens construído!


(Lúcia Machado)

5 comentários:

A VIDA DAS PALAVRAS disse...

Espectacular e muito cativante a tua escrita.
Podes continuar que vou passa por aqui sempre que puder.

Lúcia Machado disse...

Obrigada, por tão belo elogio :)

Fico mt feliz que tenhas gostado...
Serás sempre bem-vindo ao meu pequeno mundo...

Ja tive oportunidade de te "ler" e gostei mt...

;)

P Batista disse...

A procura do amor é tão raro! E eu que diga! Pode estar mesmo à minha frente que nem vejo um palmo em frente!!!
5 estrelas! Parabéns!
P Batista

Lúcia Machado disse...

Obrigada, p batista

Grande verdade!! :)

Beijinho

ZezinhoMota disse...

Sempre que entro aqui nesta tua salinha tão acolhedora! Encontro-me no meio de sentimentos tão bonitos que realça logo aí o coração de quem os faz...

Bom fim de semana e de preferência com um sorriso.

Bjnhs

ZezinhoMota

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.