“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

16/05/2008


Encontro-te entre o cair da noite e o nascer do dia...

...na solidão e na presença do sangue que fervilha...

Porque és vento...sorriso...turbilhão...

brandura... fervura...vulcão...

meu farol...

meu guia...

meu coração...

meu ar...

meu...

chão



(Lúcia Machado)

4 comentários:

Cila & Di disse...

Pequena...mas deliciosa! Linda poesia!
Beijo doce

ZezinhoMota disse...

Tenho acordado imensas vezes com o bonito chilrear dos passarinhos!

Sou pessoa de acordar bem disposto com a vida! Mesmo que ela tenha sido para mim bastante madrasta! Mas, como tristezas não pagam dividas...

Eu prefiro pagar as minhas dividas há vida com o meu sorrir...

Depois o belo da Natureza se encarrega de oferecer-me estes cantares dos passarinhos... Como uma prenda que com toda a certeza eu possa merecer...

Ouvir a voz da Primavera, que são os passarinhos e depois ainda tenho mais a "Rola" a "Poupa" e o "Cuco" que me fazem transformar em Criança!...

Porque são os cantares que me perseguem desde que nasci e me lembro que era "Gente".

Bonito o teu poema e o fundo musical é um complemento ao teu post que se completa.

Bom fim de semana.

Fica com a Felicidade.

Bjnhs

ZezinhoMota

coquinne disse...

Olá...
Os teus poemas são lindissimos, tocam-me profundamente.Continua a brindar-nos com os teus poemas...
Beijo

coquinne disse...

Olá..
Gosto de me perder no teu refugio, na tua poesia cheia de sensualidade.
Beijo

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.