“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

10/05/2008


Busco a razão nítida de ti
No mais intimo de mim
É o teu nome que me desperta
No silêncio que me embala
Nos braços da noite…
As palavras revelam-se à luz da Lua
Acariciando os sonhos que despem todas as verdades

E no teu peito repouso
É o teu coração, que acalma o meu desespero
E todos os teus gestos confessam o teu amor…
É nele que me deito
Entre o sentir do teu beijo,
Caminho que me leva, na cumplicidade do desejo

Desvendo-me às palavras surdas dos teus silêncios
Na imprecisão do que julgo saber


(Lúcia Machado)

3 comentários:

ZezinhoMota disse...

Ao acordar tenho logo a Natureza a cumprimentar-me!

São todos os passarinhos que estão nas árvores envolventes à minha casa!

Que numa sinfonia perfeita todos eles me saudam neste novo dia!

Que mais posso desejar?

Além de chegar aqui ao teu cantinho e ler-te onde me ofereces palavras que advêm tão profundas como são os teus sentimentos tão bonitos.

Que tenhas um domingo de sonho para que possas sorrir a este sol que me abraça (enquanto escrevo)!

Mas que é o mesmo sol que te ajuda a levantar feliz.

Bjnhs carinhosos do miguinho.

ZezinhoMota

Hélder disse...

Gosto muito do teu blog, a sério, acho que tens muito jeito para poesia.
Continua assim,
Beijos

Cila & Di disse...

Lindo! Adorei!
Beijo da Cila!

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.