“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

29/10/2008

…Sou filha dos sonhos…
Nasci para além de um tempo, que não me entende…
Fui forjada entre a sanidade e a loucura…
…Criada no seio do amor …

Crio fantasias, invento sonhos…
Sou assim…
Metade loucura…
Metade amor…

Vivo num castelo de nuvens…
Os sonhos são o meu alimento…
…Porque me é permitido sonhar…


(Lúcia Machado)

3 comentários:

Hélder disse...

E ainda bem que sonhas...
"O sonho comanda a vida..."
E cá estamos todos quantos gostam de ti, para te verem sonhar e seres e fazer-te feliz como queres e como bem mereces...

Beijos

Luis F disse...

Lindo sonho... e eu sonhei contigo ao longo do poema.

É sempre muito bom ler-te

Bjs
Luis

ZezinhoMota disse...

Amiga Lúcia!

O sonho comanda a vida
e também a fantasia
sonhar tem sempre saida
num sorriso com alegria!

Felicidades para ti!

Bjnhs de ternura.

ZezinhoMota

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.