“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

08/01/2008

Não te vejo, apenas te ouço…
Como o vento que passa
Invisível aos meus olhos
Tocas de leve no meu rosto
E no equilíbrio do tempo
Desprendo-me do balanço…
Abre os teus braços ao infinito
Leva-me para além das linhas do horizonte.
Para um mundo que me embala…
Leva-me para um tempo onde as almas se cruzam
E se embriagam na doçura do teu olhar
Onde em queda livre me lanço
E sem asas…aprendo a voar


(Lúcia Machado)
Foto (Witchblade) Sousearxer

6 comentários:

ZezinhoMota disse...

Sente-se profundamente nas tuas palavras a doçura da pessoa que és...

Que a tua semana seja como o Sol da Primavera; que sejas feliz.

Bjnhs

ZezinhoMota

João Filipe Ferreira disse...

tens desafio no meu blog:)

beijnhooooooooooo

O Profeta disse...

PAlavras de rara profundidade...sitoso aquele por quem bate o teu bonito coração...


Ergui-me ao vento na tua procura
Fundi um abraço com o sol da tua ternura
Modelei o amor com as palavras mais belas
Curso de errante espírito na tua procura

Porque o pensamento é voo de milhafre
Aprisionado em gaiola de palavras
O infinito e o incomensurável
Volto ao encontro das tuas profundas mágoas

Bom fim de semana


Mágico beijo

Bichinho disse...

Beijo fantasma.

Raul Cordeiro disse...

Continuas em forma.
Bjs doces para ti.

VÓNY FERREIRA disse...

O amor, a paixão, o começo de tudo!
Toda a beleza que nos cerca fica como que incendiada quando estamos apaixonados por alguém!
Lindo poema!
Com ênfase (sou sempre enfática quando gosto...)só posso acrescentar:
- FORÇA!! NUNCA DEIXES DE ESCREVER!!
Ter-me-ás aqui com regularidade no teu refúgio...
Vóny

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.