“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

22/09/2007

Procuro-te


Procuro-te nos poemas,
Nos ângulos e nos vitrais
Nas músicas secretas…que ouço por instantes,
Nas palavras trazidas pelo vento,
Alegrias…tristezas inconstantes
Que são a voz do meu pensamento,
Cada hora é um tormento

Procuro-te na natureza,
Nos jardins…
Sobretudo nos que florescem na minha imaginação
…no rio da minha alma
Que corre em sentido inverso
Na chuva que cai…
Ainda…no cheiro da maresia, na maré-alta, na maré baixa…
No condor que voa em direcção ao Sol
…nas gaivotas que se refugiam em terra...
Na tempestade anunciada…
Caravelas vicentinas rumo ao destino incerto

Procuro-te na luz da noite,
No negro do dia,
Na Lua cheia…
Na conjunção astral da minha alma…
Estrela cadente rumo à morte anunciada

Procuro-te, num raio de Sol através de um vidro

Na queda das folhas, que esvoaçam ao sabor do vento…
Nas tardes de Outono, no misto das estações
No calor do abraço…ate a ti chegar

Como te chamas tu?
…que me faz doer de não ter mais que morrer?


(Lúcia Machado)


3 comentários:

inominável disse...

obrigada pelo comentário simpático... voltarei para ler com (ainda) mais atenção...

marcos jose disse...

Parabens pelo blog,pelo seu conteudo pois demostraa pessoa que todos os dias me supreende com poemas tao maravilhosos,mais uma vez parabens.

ZezinhoMota disse...

Os poemas, o sol, as aves!

Reconfortante para o espirito ler-te; mesmo que digas que o fazes quando estás mais triste...

Eu tenho momentos assim, o que é raro...

Neste momento, faço uma homenagem a quem tão jovem; direi, menina mulher!... Desapareceu da nossa companhia, mesmo que não hajam noticias concretas, mas...

Até nos seus últimos poemas, parecia-me estar transmitir-nos o seu ADEUS...

Bom fim de semana e que esses ares de uma terra tão bonita te faça sorrir e seres feliz...

Bjnhs

ZezinhoMota

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.