“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

07/04/2009

Sente...

Senta-te ao meu lado, sente a brisa que nos toca
Consegues sentir?
Sim?
Então fecha os olhos, abre os braços e sente…
Sente o toque suave e morno da maresia
Imagina-te, em longínquos castelos feitos de espuma
Em muralhas à altura do pensamento
Luta… ergue-te!
Sela o teu cavalo, cavalga por entre nuvens
Irrompe pela clara floresta da manhã…
Conquista horizontes em busca da quimera perdida
Regressa… Conta histórias de cavaleiros ausentes
Da paz da alma recuperada
Dos dias sequiosos onde a única sede, era a do teu viver…
Descansa, repousa o corpo cansado…
Fecha os olhos e sorri…
Monta de novo o teu Cavalo Alado

(Lúcia Machado)

8 comentários:

Hélder disse...

Tenho tanto orgulho na minha menina, escreve tão bem :)

Identifico-me com parte do teu texto... Mas agora prefiro repousar ao teu lado e ver o teu lindo sorriso que amo tanto :)

Amo-te muito meu anjo :$

Yussef disse...

O teu texto é como um pequenino barco, frágil, de madeira fina... porém subindo um rio.
Como tem personalidade.
Abraços

casa da poesia disse...

..."fecha os olhos e sorri"...são sempre lindos os teus versos!...e para ti...
"Abvum d´bashmaia"...e votos de páscoa feliz!...

Cotovia disse...

...sinto-me pequena ao lado das tuas palavras.


Boa Páscoa.

ZezinhoMota disse...

Olhar o longinquo
com os pés na àgua
à beira mar...

É sentir o impossível
no nosso imaginário...

O cheiro a maresia
ouvindo o cantar
das gaivotas...

E um som
com muitas misturas
que nos mexe o coração...

Sonhar e fechar
os nossos olhos...

A nossa alma
viaja pelos tempos...

Separar-se do corpo
fantasiar no mistério
da vida...

A FELICIDADE
é feita do impossível...

Bjnhs ZezinhoMota

FELIZ PÁSCOA PARA TI E FAMILIA.

Henrique Mário Soares disse...

É sempre com expectativa que venho ao teu blog, expectativa de encontrar algo belo, algo lindo, e vou embora sempre maravilhado. PARABÉNS...

O Profeta disse...

Para que a terra não trema
Para que esta Ilha seja de boa guarida
Mil e muitas ave-marias
Para iluminar tanta alma perdida

Em meu peito bate a fé
Sou um caminhante de muda revolta
Olhos presos a este manto verde
Alma que se ergue e fica solta


Boa Páscoa


Mágico beijo

Paulo Silva disse...

De onde surge essa frases de tanto carácter ?

Boa Pascoa

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.