“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

15/04/2009

Paixão vs Amor


Paixão: Sentimento devastador, chega à nossa vida sem pedir licença, arremessa tudo à nossa frente, cega-nos, dá-nos um estado de completa euforia, leva-nos para outra dimensão, sentimento de posse e de desespero pela presença da pessoa amada, sufoca-nos, dá-nos a falsa força de lutar contra tudo e contra todos, faz-nos esquecer quem somos, quem nos rodeia, ensurdecemos…Vivencia única e exclusiva em torno da pessoa que julgamos amar, “perdemos a nossa entidade” somos uma “extensão” da outra pessoa, não querendo saber ou ver o que nos rodeia, existindo apenas e vivendo para ela.

Paixão é vulcão. Dizima tudo o que encontra pela frente

Amor: Estado de completa serenidade, chega de mansinho, cobre-nos a alma de carinho, sem pressa constrói o seu caminho, dia após dia fortalece a nossa vida o nosso sentido de viver… Amor é partilha, cumplicidade, é dar sem esperar nada em troca, é um estado de completa aceitação, aceitamos o outro exactamente como ele é, sem cegar, temos a consciência dos seus "defeitos", virtudes e limites, e mesmo não concordando, aceitamos e aprendemos a conviver com eles…
Adaptamo-nos à pessoa amada, fazemos tudo para que seja feliz, mas, nunca esquecendo quem somos ou as nossas convicções.
Aprendemos essencialmente a viver, a saber esperar, porque tudo o que recebemos é uma dádiva e nem com a força das intempéries ele sucumbirá.

Amor: É rio que corre mansamente, não transborda…


(Lúcia Machado)

11 comentários:

Hélder disse...

Concordo plenamente contigo amor, e hoje sei que te amo incondicionalmente...

O Profeta disse...

Paixão...és tu...um ser apaixonante...


Doce beijo

L&L-Arte de pensar e expressar disse...

gostei de seu blog parabens quando der visite o meu www.palavrasarteblablabla.blogspot.com

Vieira Calado disse...

Escrever alivia.
É verdade.

É como se contássemos um segredo a um amigo.


Bjs

Crystal disse...

Poucas vezes li uma definição de paixão ou de amor com a qual concordasse tanto. Acho que não falta nada, excepto dizer que, sendo o amor uma dádiva, a paixão é um fogo fantástico, rs

Sinto-me feliz por saber que a vida, em momentos diferentes, me presenteou com ambas.E a ti tb, senão as palavras não nasceriam assim :)

Beijo

Crystal disse...

Ah, esqueci-me de te dizer que o teu blog está com um visual fantástico. E a música? Hummm...Parabéns!

casa da poesia disse...

...á beira do Tâmega?!..."eu sei...que talvez a noite te consuma..."...se o Pascoal...fosse vivo!!!e...para vós...

"the flowers are all right"...!?...

ลndreia disse...

Nem paixão, nem amor. Não resistem à indiferença. *

Valdemir Reis disse...

Olá Lúcia, que maravilhoso é visitar este espaço! Parabéns pelo excelente trabalho aqui desenvolvido. Excelente sua publicação “Paixão...“, texto original, muito boa abordagem, uma grande contribuição. Feliz e honrado por sua amizade. Acredito; aquele que caminha sozinho pode até chegar mais rápido... Porém quem segue acompanhado de um amigo com certeza vai mais longe... Espero sua visita! Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Votos de uma semana recheada de sucesso, muita paz, saúde, brilho, bênçãos, proteção e alegria. Fique com Deus. Um abraço fraterno.
Valdemir Reis

Nilson Barcelli disse...

Gostei das definições e, no essencial, concordo com elas.
Bom resto de semana,
Beijos.

PS: coloquei o teu link para não me perder ao voltar aqui mais vezes. Também gostarei que me continues a honrar com as tuas visitas.

ZezinhoMota disse...

Lúcia.

É isso! O Amor é um rio sereno, calmo...

Tens o poder de escolher as palavras exactas para definires os sentimentos.

Que o teu rio, prossiga na maior calma e um dia desague num mar sossegadinho e que acolha o teu amor, o vosso amor...

Como que num manto protector possas viver da alegria e do amor.

Bjnhs

ZezinhoMota

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.