“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

20/06/2009

A ti...


Diz-me, se eu te revelasse a minha alma

Dirias que me entendes?

Se eu te contasse que ela,

É uma louca que vive em constantes desatinos…

Seguirias ainda os meus passos?

Não sei se ela é um rio que corre desgovernado

Ou a criança traquina, adocicada pela tua mão

Parece que a liberdade é o único soro da vida…

É uma louca, que se libertou das correntes da mágoa

Um pedaço de madeira que navega nesse mar

O teu mar que acalma a minha turbulência

Se eu te contasse…

Acreditarias que foi a tua voz, que me beijou primeiro pela manhã?

…Que o teu abraço, trouxe a até mim a esperança

E, que nos teus olhos, renasceram todas a minhas alegrias

Saberias?

Se eu te segredasse…

Que na penumbra da noite, os corvos se lançam à tua chegada…

Na angústia do libertar da minha alma

Esses, os guardiões, que a aprisionaram durante as trevas

…Cegam ao vê-la tão luzente…

Precisam resgatá-la… mas resgatada já ela está!

Vive livre por aí… e presa a ti…



(Lúcia Machado)



10 comentários:

inominável disse...

tão bonito... não me atrevo a dizer mais nada...

Hélder disse...

Sei amor, sei tudo isso...
Sei também que é isso tudo o que fazes comigo, que és tu quem me faz feliz, que sou completamente teu...

Amo-te muito!!!!!

inominável disse...

olá outra vez... conheces o meu filho"Pequenininhos"... está em http://pequenininhos.blogspot.com/

Beijinhos

Henrique Pedro disse...

Maravilha!
Vim com o propósito de retribuir a visita e fiquei encantado. Quanto eu gostava de saber compor um blog assim!
Parabéns
Bj

Isaura Pereira disse...

Como eu disse passei , gostei e vim para ficar ....


Hoje fiquei encantada com a beleza das suas palavras ...

Um beijinho e bom domingo .

Henrique Mário Soares disse...

Fantástico...
Como de costume mais uma "obra de arte" de uma beleza infinita.
Parabéns.

Luis F disse...

Amiga

Adorei sentir as tuas belas palavras.

Neste teu refúgio há sempre perfumes de sentimento e de alma.

Com amizade
Luis

Nilson Barcelli disse...

E se eu te dissesse que gosto da tua poesia?
E deste poema, claro....
Querida amiga, tem uma excelente semana.
Beijo.

DarkViolet disse...

Que as loucuraas sejam a propagação do abraço, assim os vossos Seres sentirão com maior intensidade as silhetas da partilha:)

ZezinhoMota disse...

Lúcia!

Existem pessoas que já deixam marca, a sua marca de poesia...

Tu fazes das palavras aquilo que o teu coração manda...

É grato para mim ler-te e vou daqui sempre fazendo um momento de "Reflexão" àquilo que escreves.

Bjnhs

ZezinhoMota

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.