“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

04/12/2009

Pensamentos soltos III

De que servem as asas, se não consegues voar?
São mais um peso morto que carregas…
Rastejas, porque de nada te servem as ditas de fogo
E o ar que sorve, expele a vida em ti
Deambulas por entre montanhas da tua penitência
E nos pés sangrados, nem mesmo as tuas sandálias feitas pó
Te elevam a Alma
Se a noite se encarrega de te embalar
São os dias que te fazem acordar, para a pena imposta
Escova o cabelo, solta as asas…
…mesmo inúteis, elas te farão sonhar, que um dia será possível voar.


(Lúcia Machado)


4 comentários:

Um Olhar disse...

Asas quebradas?
sim...
Mas os sonhos não!
e os sonhos levam-nos longe.

Bjo
Bom fds,
Fatima

DarkViolet disse...

Nem tudo é inútil. O problema é dar utilidade aquilo que realmente parece inútil

Luis F disse...

"Nasce mais uma vez,
Menino Deus!
Não faltes, que me faltas
Neste inverno gelado
Nasce nu e sagrado
No meu poema,
Se não tens um presépio
Mais agasalhado.
Nasce e fica comigo
Secretamente,
Até que eu, infiel, te denuncie
Aos Herodes do mundo.
Até que eu, incapaz
De me calar,
Devasse os versos e destrua a paz
Que agora sinto, só de te sonhar.
Miguel Torga

Com os votos de um Feliz Natal, o teu amigo

Luis

ZezinhoMota disse...

…mesmo inúteis, elas te farão sonhar, que um dia será possível voar.

Não te estou a bajular, porque gosto muito de ti...
Mas diferencio, o bem que escreves! Com uma leveza da alma que sempre me impressionas...

Uma feliz semana
e um beijo de amizade...

ZezinhoMota

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.