“Todas as palavras são a loucura dos Poetas, não fossem elas o próprio sangue que corre nas veias”


(Lúcia Machado)

18/12/2008

A minha alma é bipolar, tem dias que quer ficar adormecida, sossegada em perfeito estado anestésico...
Outros...quer apenas ficar ausente do corpo…refugiada num qualquer recanto…longe do mundo, muda e isolada numa cabine à prova de som… perdida esquecida…por tudo e por todos…

Outros dias, é tão louca como uma fada enfeitiçada pela floresta…só quer divagar, sonhar, escalar pela montanha dos sonhos, quer gritar ao mundo que nada a intimida, que será sempre uma lutadora, que nada a derruba…
Sente-se capaz de lutar, de se erguer após cada queda… é guerreira, feiticeira, David ou Golias…é ninfa encantada, poeta malfadada…

Hoje…a alma sente-se assim… louca…
Sabe-se lá porquê!
Sinto-me feliz…
...e sem inspiração...

3 comentários:

O Profeta disse...

Sabia apenas que era um pequenino naquela longa noite
No celeste um luminoso sorriso me chamava
Lançou-me aos olhos raios de deslumbrante luz
Era a minha prenda, uma brilhante…Estrela Alva…



Um Mágico Natal para ti querida amiga que ao longo deste ano me visitaste. Que a Estrela Alva te ilumine neste Natal.






Mágico beijo

ZezinhoMota disse...

Amiga!

Se te sentes sem inspiração num texto destes com tanta poesia?

O que direi numa inspiração tua?

Muito bonito, não é só por dizer...

Digo-o com sentido poético...

Bjnhs

ZezinhoMota

ลndreia disse...

Nunca somos constantes... talvez esteja aí o verdadeiro sentido inconsciente da vida...

Beijo carregado de belos sorrisos ara 2009 *

... Aqui jazem todas as angústias, os medos, a solidão, as alegrias, as tristezas...
Jazem momentos únicos, momentos irrepetíveis...
....a saudade, o acreditar....
..As lágrimas, o desespero, o renascer...
a morte...
Todos os momentos de uma vida...uns eternos, outros não...
Aqui jaz uma nova esperança... o amor...

...Tu...



(Lúcia Machado)




Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, cedência, difusão, distribuição, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio electrónico, mecânico ou fotográfico destes textos sem o consentimento prévio e expresso do autor. Exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente, o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem.